PT
TODAY'S HIGHLIGHT
Há 11 meses sem salários
Em Cacuaco, mais de 200 trabalhadores, distribuídos entre os serviços administrativos, técnicos e comunitários, em regime de contrato, não recebem salários há 11 meses. Os trabalhadores escreveram uma carta, na qual solicitam a intervenção do governador Higino Carneiro.
Students Notebook
Os professores de Luanda marcaram, para 5 de Abril, uma greve de “carácter nacional”, protestando pelo reajuste de salários, actualização de carreiras e o pagamento de subsídios. Além de uma alegada dívida de cerca de 16 mil milhões de kwanzas, os docentes querem que o ministro da Educação seja exonerado.