PT

África do Sul

Zuma processado por corrupção




Depois de várias escapatórias, o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, vai ser processado por corrupção num caso de compra de armas pelo governo sul-africano em 1999. Jacob Zuma é acusado de ter recebido dinheiro indevidamente para fechar o negócio.


O caso remonta a 2009 e já tinha sido arquivado. Mas, em Abril deste ano, foi reaberto e revisto e os juízes consideraram que a decisão de 2009 “foi irracional”. Os advogados do presidente apelaram, mas os recursos foram negados e considerados “sem mérito”.


O contrato em questão é de quase cinco mil milhões de dólares. Jacob Zuma foi inicialmente processado em 2007, mas, dois anos depois, o Ministério Público arquivou as acusações por “vício formal”. O presidente pode apelar ao Tribunal Constitucional para interromper o processo.


Jacob Zuma e Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês) enfrentam grandes dificuldades políticas. Na semana passada, houve protestos violentos nas ruas de Pretória contra a escolha de Thoko Didiza como candidata do ANC às eleições municipais marcadas para 3 de Agosto.

» LEIA TAMBÉM

» Deixe o Seu Comentário