PT

Bali, Indonésia

A celestial ilha dos deuses




Magnífica, cálida, animada e divertida, Bali é onde o hinduísmo e o budismo são mais celebrados. Não admira que tenha sido este um dos lugares escolhidos para os cenários do filme ‘Comer, Rezar, Amar’. Esta ínsula indonésia tem quase seis mil metros quadrados e uma atmosfera exclusivo.


É conhecida como ‘a ilha dos deuses’. Foi baptizada no século 9. Bali deriva de wali (ou wari) que significa sacrifício oferecido aDeus, adoração, culto ou oferenda. Em cada esquina, encontra-se um templo. Estima-se que haja cerca de 20 mil santuários pela ilha. E em frente a cada casa, estabelecimento comercial, e mesmo na praia, há uma cestinha de palha com flores, arroz, biscoitos, rebuçados e incensos como oferenda. São as chamadas canangs (lê-se ‘chanangs’).


Além das praias, não se deve deixar de visitar os templos, dos quais se destacam o Pura Uluwatu, Pura TanahLot e Pura UlunDanauBratan (o Templo do Lago).O local mais sagrado de Bali é Pura Besakih, onde está um dos grandes nove templos localizados nas encostas do pico vulcânico GunungAgung, e que os habitantes de Bali acreditam ser o ‘umbigo do mundo’. Pura Besakih é também chamado de‘templo mãe’, e engloba dezenas de espirais de telhados em palha e terraços ambientados com incenso e decorados com colares de flores.


Outro local a não perder é a Floresta Sagrada dos Macacos. Para quem gosta de caminhadas, uma boa ideia é subir até ao vulcão Batur para ver o nascer do sol.


A ilha é repleta de templos com cestos de flores para afastar os maus espíritos. As figuras de pedra guardam as ruas, com panos pretos e brancos à sua volta, simbolizando o balanço entre o bem e o mal.


A Cidade de Ubud é um excelente local para visitar galerias de arte, e artesanato das diferentes aldeias: em madeira, joalharia e pintura. Pode também visitar o museu Puri Lukisan. Ubud é também o local ideal para praticar rafting ou trekking. Abençoada com um clima e localização geográfica perfeitos, a cidade tornou-se famosa pelos cenários do cultivo de arroz, irrigados pelo sistema de irrigação tradicional de Bali, o subak.


TanahLot é um dos templos Hindu mais famosos de Bali. Situado em cima de um rochedo, este espaço de adoração faz parte da mitologia de Bali desde há séculos.


O templo é um dos sete templos situados junto ao mar ao longo da costa sudoeste de Bali. É um dos templos mais visitados e que é marcado pela paisagem envolvente e pela beleza arquitectónica do santuário. O melhor período do dia para fazer a visita é ao final da tarde e durante o pôr-do-sol.
O templo hindu Pura LuhurUluwatulocalizado na Península de Bukit, na costa sul da ilha. Fundado no século 9, foi construído no topo de uma arriba de origem calcária com vistas impressionantes para o mar.


Apesar de os visitantes não poderem entrar no santuário, vale a pena conhecer os espaços exteriores e as estátuas de Ganesha. Ao pôr-do-sol assista às danças tradicionais.


COMO IR
Não há voos directos de Luanda para a Ilha. A solução passa por fazer escala para Frankfurt, na Alemanha e, de seguida, rumar para a ilha indonésia.


ONDE FICAR
OUbudVillage Hotel dispõe de quartos com varandas privadas com vista para o jardim. Um restaurante e uma piscina exterior estão ao dispor.O hotel dispõe de um médico de serviço 24 horas por dia, para a maior tranquilidade. O restaurante serve pratos asiáticos e ocidentais e oferece vistas para um belo lago com peixes.


O QUE COMER
Um dos principais pratos da ilha é o nasigoreng, nada mais é que o arroz frito, com muitas especiarias, vegetais e molho picante levemente adocicado.

» LEIA TAMBÉM

» Deixe o Seu Comentário