PT
HIGHLIGHTS
Privados no combate à pobreza
O candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, prometeu privilegiar o sector privado para criar mais empregos, tendo reconhecido que mais da metade dos angolanos ainda vive em extrema pobreza, augurando reverter o quadro para aumentar a classe média no país.
READ ALSO
“Sem facturas para pagar”
Foi usando metáforas que o presidente do Tribunal Constitucional explicou aos partidos que “não tem facturas a pagar ou créditos por reclamar”. O TC juntou os possíveis candidatos às eleições para reforçar as regras e Rui Ferreira garante que o órgão está preparado para receber e analisar, com rigor, objectividade e imparcialidade todas as candidaturas. E deixou avisos.
“Temos de colocar o passado no arquivo”
A UNITA celebrou 51 anos e Isaías Samakuva fez, ao NG, uma viagem pela história do partido, admitindo os erros e até lembrando o pedido de desculpas por eles. Virado para o futuro, receia que haja fraude nas eleições, mas sente-se confortável por poder recorrer ao Tribunal Constitucional. Não quer falar sobre a sua possível saída da liderança da UNITA e garante, caso chegue à Presidência, que vai combater a corrupção e rever acordos com a China.
UNITA com cinco prioridades
Em vésperas de celebrar mais um aniversário em plena pré-campanha eleitoral, a UNITA mostra as cinco linhas programáticas para as eleições gerais de Agosto: educação, saúde, habitação, emprego e Segurança Social.
» ALL NEWS